Cascas de laranja iam-iam

Junho 8, 2007

Querem deitar o dente a algo doce, natural e fácil de fazer?

Depois de espremer o “néctar dos deuses” (private joke) de algumas laranjas e o beberem, podem aproveitar as cascas que ficaram: retirar a polpa que ficou e cortá-las em tiras com c. de 5mm de largura. Pô-las numa taça e cobrir com água que se muda todas as noites por 2 a 3 dias. Escorrê-las, secá-las e pesá-las. Pesar quase tanto de açucar e juntar 1/3 desse peso em água num tacho, em lume forte, mexendo sempre até se obter uma calda em ponto de cabelo (dica: o açucar tem que derreter na água antes de começar a fazer ponto! Ponto de cabelo: quando se levanta a colher da calda, esta forma um fio “de cabelo”). Nessa altura juntam-se as cascas e mexe-se bem até elas ficarem sequinhas. Deita-se sobre uma superficie fria (bancada) untada com um pouco de óleo vegetal e separam-se as cascas umas das outras. Deixa-se arrefecer e “arrancam-se” da mesa: guardam-se num recipiente fechado (para se manterem rijinhas). São excelentes para servir como digestivo após uma refeição ou com o café ou… a toda a hora!!!

Sugestão: adicionar uma pitada de canela pouco antes de deitar as cascas no tacho.

Anúncios

NOVIDADE!!

Junho 5, 2007

decidi acrescentar esta categoria para comentar sítios e dar dicas (quem não gosta de uma bela dica para melhorar os seus pratos?)

A dica de hoje é: Não COMAM NAS CANTINAS!!! (para quem já se esqueceu, o nome do blog é inépcias, meus amigos)